sábado, 13 de outubro de 2007

Naquele reino


Naquele reino, haviam muitas donzelas

as cambaleantes, que cheiravam mal

as famigeradas, que comiam sal

as descabeladas, de olhar desigual.


Naquele reino, haviam vários cavaleiros,

haviam aqueles de espada na mão, estilo festeiro,

haviam os bravos Lancelotes, os tolos feiticeiros,

mas tambem haviam maltrapilhos Quixotes, apenas guerreiros.


Ela não era a donzela da torre

ela ao menos pertencia a esta corte

ela falava em uma lingua estranha

a lingua dos elementos, talvez a lingua dos sedentos.


Ela trazia água em um pote

e eu, apenas minha espada forte,

ela trazia um raio em seu olhar,

e eu, apenas meu cavalgar.


Ela vinha de terras gélidas

e ensinava o nome das estrelas com o mesmo olhar

eu apenas tinha a vontade de cavalgar

e não mais parar no raio luminoso de seu olhar.

Nenhum comentário:

Buddha Quote of the Day